O Grupo Ato surgiu na cidade de Bauru em 1989,

criado por Carlos Batista e Elisabete Benetti, vindos da cidade

de São Paulo. Na bagagem além da experiência vivida nos teatros

paulistanos (entre eles: o Teatro Maria Della Costa, TAIB e o Teatro

Eugenio Kusnet), o reconhecimento da crítica através dos prêmios entregues a Elisabete como atriz revelação de 1984 (MEC – Troféu Mambembe, APCA – Associação dos Críticos de Arte) e de “Melhor atriz” Governador do Estado de São Paulo, também o Prêmio INACEN de “Melhor espetáculo do Ano”, a produção da peça “O dia em que

o medo virou música”. O casal trouxe seus sonhos. Entre eles, viver numa cidade com qualidade de vida e continuar produzindo e compartilhando sua arte, por acreditar que o teatro é capaz de transformar o homem.

Elisabete Benetti (Madame Malsina), Carlos Batista e a filha Natalia

após apresentação da peça "Habitante do Sonho"

no Teatro Municipal Zita de Marchi, Barra Bonita/SP em 1989.

Nós apoiamos este site