O espetáculo procura resgatar a vocação maior do teatro: provocação,

crítica, conscientização. A partir da mitologia, a peça busca na história

de Prometeu uma discussão sobre o poder e como ele insere na vida

do homem. Atualizando a história mítica do Titã Prometeu, que mesmo

contra a vontade de Zeus, deus máximo do Olimpo, rouba o fogo divino

para entregá-lo ao homem, dando assim a luz e o conhecimento,

Prometeu é Fogo” coloca para o público a importância da resistência,

do pensar com as próprias idéias, do conhecer para repartir

o conhecimento, em oposição à ordem dominante.

prometeu1.jpg
prometeu4.jpg
prometeu 7.JPG
prometeu3.jpg

Apresentação no Teatro Municipal de Bauru/SP em 2004.

Nós apoiamos este site