Biodanza

Jornada de 12 horas.

Neste sábado e domingo (25 e 26)

Horários: Sábado das 8h30 às 12h30 e das 15h00 às 19h00.

              Domingo das 9h00 às 13h00.

Local: OAB-Bauru. Av. Nações Unidas,30-30

Investimento: R$100,00 (pagamento em dinheiro no local)

A jornada tem inicio pontualmente no horário acima.

 

IMPORTANTE: Vir com roupa esportiva que dê condições de movimento.

Este evento tem o apio de:

 

 

 

 

A Biodanza é um sistema criado pelo chileno Rolando Toro, pós décadas de 40-50, foi sensível

ao levar seus alunos da escola primária para a natureza, compreendendo que a natureza

é uma grande mestra: nela tudo se movimenta, tem ritmo, flui para manter e conservar a vida. A palavra Biodanza significa dança da vida, ou seja, compreende gestos, expressões e movimentos integrados plenos de sentido. É um sistema de desenvolvimento dos potenciais humanos, de integração afetiva, renovação orgânica e reaprendizagem das funções originarias da vida. Tem como objetivos integrar e expressar Identidade, melhorar o nível geral de saúde, facilitar o acesso a uma nova percepção da vida, melhorar as relações tanto pessoais como profissionais, melhorar a conexão

com a natureza e com o Cosmos. Sentir que somos vida entrelaçada com todos os seres vivos.

Sua base filosófica é o – Principio Biocentrico –, colocar a Vida no centro.

Sua Metodologia é vivencial: utiliza músicas específicas, canto, movimento/dança e o encontro humano, para induzir vivências integradoras que levam os praticantes a perceberem como está

o seu relacionamento com as outras, consigo mesmo, com a natureza e com todos sistemas viventes. Esta percepção permite que tenham oportunidade de aprender novamente as funções simples

e básicas da vida, a vivenciar intensamente e por inteiro o momento presente, religando-se

com o sagrado da Vida.

Numa aula de Biodanza, somos convidados a silenciar o verbo, aguçar os sentidos e descobrir outras formas de comunicação que entende os sinais da natureza. Vamos aos poucos nos alfabetizando

no amor, na empatia, na cooperação, na aceitação da diversidade, no companheirismo,

na qualidade humana, na criatividade e na criação de espaços de sustentabilidade amorosa.

 

OBJETIVOS

  • Vivenciar novas formas de comunicação e integração.

  • Possibilitar momentos de expressão que facilitem perceber-se na relação consigo e com o outro de forma criativa, afetiva e solidária.

  • Despertar a sensibilidade dos participantes, através do olhar que contempla, do silencio que escuta os mistérios da vida, do toque que nutre com amor.

  • Criar condições para que os participantes, sintam o pisar no solo, o descobrir os caminhos que deseja trilhar.

  • Trabalhar a confiança e aliança, da natureza humana gerando o espaço do cuidado, que propicia o semear, o regar novas formas de cuidado e sustentabilidade.

  • Propiciar situações vivenciais que permitam a liberação de tensões e uma sensação de bem-estar, de paz e a motivação para continuar facilitando-se e facilitando os outros em uma ambiência natural e acolhedora. 

Maria Angelina Pereira

Facilitadora Diretora e didata da Escola Paulista de Biodanza desde 1990, Titulada

em 1986  formada pela Escola Paulista de Biodanza com o criador do Sistema

de Biodanza, Rolando Toro Araneda e certificada pela International Biocentric Foundation. Foi Membro do Conselho Científico da International Biocentric Foundation; assistente social aposentada pela prefeitura de São Paulo, Especialista

em Teorias e Técnicas de Cuidados Integrativos -UNIFESP , especialista em administração hospitalar e gerontologia social, consultora empresarial e educacional na área de Integração, Qualidade de Vida, Saúde, Criatividade e Desenvolvimento

do Potencial Humano;  Ministra cursos de Biodanza em grupos regulares semanais, escolas de Formação de vários estados do Brasil , América Latina, Europa, Japão,

EUA, e trabalha como consultora e palestrante em  Empresas, Escolas Públicas

e Privadas, Universidades.

Nós apoiamos este site